A carregar Eventos

« Todos os Eventos

  • Este evento já decorreu.

Mostra de Pequenas Curtas #2 – Manel Raga Raga

A Mostra de Primeiras Curtas teve a sua primeira sessão no final do mês de Dezembro de 2019, tendo sido interrompida pelas famigeradas razões pandémicas, a toda a hora sabidas e repetidas.

Em boa hora, estas sessões regressam novamente à Livraria Térmita, cconduzidas agora por Cátia Rodrigues, preservando o seu objectivo inicial: apresentar num contexto informal, as primeiras curtas-metragens de vários realizadores da nossa eleição. Abrindo uma pequena janela ao trabalho de jovens realizadores, pretende-se também recuperar para um ambiente de visualização conjunta os primeiros trabalhos de realizadores mais velhos.

No fundo, pretendemos assim dar o nosso humílimo, mas genuíno, contributo para combater o esquecimento que normalmente recai sobre estes trabalhos embrionários, após as habituais passagens por festivais de maior ou menor dimensão.

 A terceira sessão é inteiramente dedicada ao realizador espanhol Manel Raga Raga, que apresenta quatro curta-metragens, do total de cinco que compõem a sua filmografia.

PROGRAMA:

Com a presença do realizador

 🎞 LA GALLINA (2013) 17’

Uma criança que não é mais criança, uma mãe que partiu para sempre e um pai que nunca deixa de a possuir, para lá da vida. O Hen (ver o que é) é o desejo que persiste para além do tempo, é uma devastadora rotina que fica doente até se tornar morte.

🎞 GRBAVICA (2018) 19’

Uma bola gira presa no rio que atravessa o bairro de Grbavica em Sarajevo.

🎞 MANEL VIU A SARAJEVO (2017) 5’

Ando por Sarajevo. Estou a acordar. Eu não me lembro.

 🎞 HOMENATGE A JUDES (2019) 24’

O Manel foi beijado por todas as mulheres mais velhas da vila.

 

Manel Raga Raga

Nasceu em Ulldecona em 1985. Depois de co-realizar a curta-metragem documental Matando el Sueño (2009), completou um mestrado em realização na ESCAC, em Barcelona. De 2010 a 2012, trabalhou como realizador com o grupo teatral catalão La Fura dels Baus e, em 2013, apresentou a curta-metragem La Gallina, no Festival de Cinema de Veneza. O filme ganhou mais de quinze prémios e percorreu vários festivais de cinema pelo mundo. Em 2017, concluiu um doutoramento em realização na film.factory, em Sarajevo, escola criada pelo realizador húngaro Béla Tarr. Durante este período, realizou as curtas-metragens documentais Ulldecona-Umoljani e Manel viu a Sarajevo, e, em 2018, terminou a curta-metragem Grbavica, uma adaptação livre de um conto de Franz Kafka, apresentada no Festival de Cinema de Locarno. O seu último documentário, a curta-metragem Homenatge a Judes (2019), estreou no Doclisboa, onde recebeu o prémio de melhor curta-metragem.

Actualmente encontra-se a trabalhar na pós-produção do filme KAO MALI LIST.

 

21 de Março | 19H | Livraria Térmita | Entrada livre

Ficha Técnica:

Curadoria: Cátia Rodrigues.

Texto: Hugo Miguel Santos

Texto de folha de sala: Inês Morão Dias

Cartaz: José Filipe Alexandre