Pastoral – Carlos de Oliveira

15.00

“MONTANHA

Sons sob a luz. Mosteiros,
torres sobrenaturais,
vibrando fluidamente no ar;
como? se o fluxo de mica,
os altos blocos de água,
cintilam sem rumor.

Toda esta arquitectura,
lenta percussão, perpassa;
sobre cerros sonoros;
com o seu contorno
infixo, fulgurando. Detenham-se
as estrelas quando
for noite; preguem-se
outros pregos de prata
fora do céu visível.

Sons já sem luz. Pastores
poisam as ocarinas, bebem;
entre colinas ocas;
o frio coalhado
pelas tetas das cabras”.

(pp. 21 e 22)

1 em stock

Descrição

Pastoral
Carlos de Oliveira

Edição do «exemplar n.º 1» da obra homónima, com reprodução dos manuscritos de cada poema e das dez ilustrações a lápis de cera que o Autor fez para essa edição manual, actualmente no espólio do Museu do Neo-realismo de Vila Franca de Xira.

Composição e Paginação de Pedro Santos
Averno, Lisboa, 2022
300 exemplares