Os Poemas Fingidos – Pedro Braga Falcão

12.00

Pedro Braga Falcão

“PRIMEIRA CONJUGAÇÃO

1

Se eu morrer, não quero terra,
quero nuvens, bem baixas tanto
que as possas ter nos teus ombros,
e assim, suave como um verbo,
quero desaparecer na tua língua,
como quem chama pelo passado.
Não quero velas, quero um sol
que brilhe para além de ser dia,
e uma doce mulher que me beije
como a última vez que me beija.
Se eu morrer, não quero festa,
quero luto e profunda tristeza
e um mês de dor apaixonada
e um ano de recordações. E depois,
desfeitas as trevas, quero nuvens,
quero poder olhar-te como o momento
em que já aqui não estarei.
Se eu morrer, quero respeitar-te
no último fôlego do meu deserto
e ser deitado por ti e amar-te
como se fosse o primeiro dia.”

(p.11)

  
Descrição

Os Poemas Fingidos
Pedro Braga Falcão
Enfermaria 6, Fevereiro de 2018

Categoria: Etiquetas: ,