Fotocópias

16.00

John Berger

Nestas vinte e oito histórias, tão breves como envolventes, lembramos lugares, pessoas e encontros que deixaram uma impressão indelével em John Berger: Henri Cartier-Bresson no metro de Paris, os gestos demorados de um estranho no café, uma travessia de ferry no Mediterrâneo, as palavras sussurradas por um prisioneiro, Barcelona a derreter ao sol de Verão — amigos e caminhantes com quem o autor se cruzou pelo mundo, pintando um fresco comovente da paisagem humana no fim do milénio.

Imitando o fotógrafo com a sua câmara, John Berger segue, com palavras, «o impulso espontâneo de uma atenção visual perpétua, que capta o instante e a sua eternidade». Fotocópias (1996) — tiradas a algo que não nos pertence, a um original efémero ameaçado pela passagem do tempo, mas cuja imagem queremos conservar e recordar — captura com sensibilidade o que é fugaz, flashes ou revelações do trivial extraordinário, eternizando-os na página.

  
Descrição

TÍTULO ORIGINAL Photocopies
TRADUÇÃO Inês Dias
Antígona 1.ª EDIÇÃO 2020
Páginas 200
ISBN 978‑972‑608-377-1